Podemos consumir livremente alimentos diet e/ ou light, já que estes são mais indicados para uma vida saudável.

 

alim_d_eligMito: Por falta de tempo, por ser mais prático ou até mesmo por algumas pessoas considerarem mais saborosos, os alimentos industrializados e/ou vendidos em restaurantes fast foods vem ganhando espaço na alimentação de pessoas de diversas idades e classes sociais.

  O problema é que geralmente estes alimentos apresentam baixo valor nutritivo, são ricos em açúcares, gorduras e sódio. E quando consumidos em excesso, associados a uma vida sedentária podem levar ao surgimento de doenças crônicas não transmissíveis, como Hipertensão Arterial, Diabetes, Obesidade entre outras.

  Por outro lado também é crescente a preocupação com alimentação saudável e todos querem alcançar a tão sonhada qualidade de vida. Resultando assim em um quadro contraditório onde há um grande consumo de alimentos calóricos e com baixo valor nutricional, enquanto na maioria das vezes estas mesmas pessoas que consomem estes alimentos buscam um corpo magro e saudável.

  Neste contexto surgem os alimentos diet, light ou de baixas calorias e com eles a promessa de que estes produtos podem ser consumidos sem restrições e sem prejuízos a saúde.

  É aí que nos enganamos, o uso destes alimentos não é livre!

 

Entendendo a diferença entre os produtos diet e light

 

  Os alimentos rotulados como diet são destinados a fins especiais. Estes produtos apresentam restrições de nutrientes como carboidratos, gorduras, proteínas, sódio, glúten, entre outros. E os mesmos são destinados a pessoas que precisam manter o peso ou controlar a ingestão de açúcares, ou outro nutriente específico (como diabéticos, por exemplo). Todos os produtos diet são isentos de algum nutriente, mas nem sempre tal produto apresenta menos calorias.

  Já alimentos light devem ter a redução de no mínimo 25% de nutrientes ou calorias e não é necessariamente indicado a pessoas que tem doenças especificas (diabetes, colesterol etc). O alimento light também não é isento de calorias e cada produto apresenta a exclusão de um nutriente como, por exemplo: Ora se exclui o açúcar, ora diminuem a quantidade de gorduras.

  Portanto tanto os alimentos diet quando os light não devem ser consumidos em excesso, visto que está pratica pode prejudicar a sua saúde. Assim se torna fundamental o hábito de ler os rótulos dos alimentos para saber o que realmente está consumindo e se tal alimento atende suas necessidades.
    Manter uma boa alimentação no sentido de qualidade e quantidade de alimentos ingeridos e procurar um nutricionista, poderá auxiliar tanto na leitura dos rótulos, quanto no esclarecimento de qual alimento é mais indicado para cada caso e doenças existentes.
  Além disso, este profissional está apto a elaborar um plano alimentar individualizado destinado à manutenção ou prevenção de doenças.
  Uma vida saudável só depende de você, comece agora mesmo!!!


Fale com a nutricionista !!

m8Escrito por:
Nutricionista Dayse Menezes
CRN: 34285

 

 


 

 
 
  Site Map